sábado, dezembro 17, 2005

Portuguese_Party@Kolejní.Brno.CzechRep


A pedido de milhares de estudantes finalmente realizou-se a festa portuguêsa!! O local foi a já mítica cozinha do 4º andar do edificio A05. Os estudantes erasmus e não erasmus aderiram em massa incluíndo-se ainda mirones árabes, isto só possível devido a uma excelente promoção da respectiva party onde se incluem a publicidade televisiva e flyers. Tivemos a presença especial de 2 checos, o Vojta e a Olga, que já reconhecem que a sua segunda nacionalidade é portuguêsa (embora nunca tenham estado em Portugal). Segundo estatisticas oficiais do Instituto Nacional de Estatistica confirma-se a presença de mais de 50 pessoas, 21 garrafas vodka, 1,5kg de lima, 6 sacos de morangos congelados, 2 latas de ananás , 1 lata de pêssego, 2 garrafas de vinho do Porto, 139 cubos de gêlo, 100 copos de plástico, 2,78 sacos de açucar e 3 sacos de farinha(!?!?!?!). Para a festa ter algo de educacional foram concebidos dois cartazes, o primeiro com algumas das palavras/frases mais vulgarmente utilizadas no nosso Portugal e outro com o mapa da europa para que toda a gente fique a saber realmente que Portugal não é Espanha. Para introduzir cultura de uma forma sonora usamos um leitor de mp3 da marca "Rio" e umas colunas "génius" e muita música portuguêsa. No final da festa houve direito aínda a um fabulástico fogo de artificio com direito a uma possível presença policial na festa, só temos pena é que tenham chegado atrasados porque concerteza se iriam divertir. Talvêz numa próxima oportunidade, porque isto de ser policia não é fácil, acima de tudo o bem estar da população e só depois a Portuguese Party. Nós compreendemos.
English version

Thousands of students request of a Portuguese party and finally it happened! !! The place was to in the mythic kitchen of the 4th floor of the A05 building. Erasmus and not Erasmus students adhered in big scale including some Arabian paparazzi, this was only possible due to an excellent promotion of the respective party where are included the television publicity and flyers. We had the special presence of 2 Czech celebrities, Vojta and Olga, they already recognize that their second nationality is Portuguese (although they never have been in Portugal). Official statistics of the National Institute of Statisc confirms the presence of more than 50 persons, 21 bottles of vodka, 1,5kg of lime, 6 bags of frozen strawberries, 2 tins of pineapples, 1 tin of peach, 2 bottles of Porto wine, 139 ice cubes, 100 cups of plastic glasses, 2,78 bags of sugar and 3 bags of flour (!?!?!?!). We made two educational panels to introduce our country, the first one with words/phrases more vulgarly used in Portugal and another one with an hand made map of Europe to make people know that Portugal is not Spain. To introduce some sonorous culture we used an mp3 player of the brand "Rio" and some speakers "génius" and a lot Portuguese music. In the end of the party there were a special fireworks with a possible police presence in the party, but they came late and lost all the fun. Maybe next time they will be faster, because is not easy to be a policeman, they must protect the population first and only afterwards they can join the Portuguese Party. We understand…


quarta-feira, dezembro 14, 2005

Paintball - a final do campeonato do mundo


No passado dia 9 de Dezembro decorreu em Brno a final do campeonato do mundo de Paintball. Os finalistas eram das mais diversas nacionalidades: 1 grego, 2 franceses, 2 turcos, 2 checos, 1 italiano, 1 grego, 2 espanhóis, 1 vasco country :D, 1 participante da russia e 8 portugueses (a maior comitiva portuguesa de sempre a integrar a final de um campeonato desta importancia).
As excelentes condições do terreno proporcionaram um jogo bastante técnico embora o frio exagerado que se fez sentir limitou a pressão do gatilho com maior intensidade.
No final não restaram dúvidas quanto ao vencedor, um português de nome "carabina". De sublinhar que no seu primeiro ano de competição bateu quase todos os recordes da modalidade. Usando apenas 300 bolas e com uma eficácia de 99,88% conseguiu "arrumar" todos os seus adversários no tempo record de 2:30h em 6 jogos disputados. Fala-se já que esta jovem promessa poderá a vir ser o melhor jogador de todos os tempos desta modalidade. Esperemos pelo próximo mundial para ver se a invencivilidade se mantém. Em conferência de imprensa "carabina" admitiu que o resultado foi justo salientando que com humildade, muito trabalho e respeito pelo adversário é possível chegar a tão alto nível.

domingo, dezembro 04, 2005

My favourite (only) Greek friend


I want to present you my favourite Greek friend. At the first time i was angry with him only about his nationality (football). But later i was angry about other reasons too. He always came to my room eating for free and using my computer. He lived in another dormitory (Manesova) but now he lives 3 rooms far away from mine. His new roommate is from Bolivia and sleeps naked, so they are happy together. His favorite drink is tsipouro, a tradicional Greek drink made by grapes with +/- 40º (or more) and i call it Bonaqua (water Czech brand). He is always saying beautifull words like "gamisou" and "malakas" that i will not say what mean here. He is a very smart guy, he knows the more important Portuguese bad words, maybe i´m a good "Portuguese bad words" teacher ;).
We spend a lot of time together because we like each other, but not too much **ATTENTION WE ARE NOT GAYS** JUST GOOD FRIENDS.
He studies civil engineering in Salonika, its a city in the north of Greece that i will go in the next summer. He promised me many Greek girls (but only if i have a lot of money)
Right now we are drinking tsipouro together but i have to go fix another drink because my glass is almost empty.
Geia sas!!! (Good bye in Greek)
João Tavares and Antonis Kadinopoulos

sábado, dezembro 03, 2005

Batalha de Austerlitz














Visitámos uma gigantesca comemoração dos 200 anos de uma das principais batalhas do continente europeu, a batalha de Austerlitz.

A reconstrução desta batalha, da que saiu derrotada a terceira coligação anti-francesa, decorreu numa área com 40 hectares durante duas horas, ao longo das quais foi possível presenciar os choques da cavalaria, a luta por Telnice, a ofensiva de Pratecky.

Esta encenação trouxe à região checa da Morávia mais de 3.500 homens procedentes de 23 países e 200 cavalos especialmente treinados - muitos deles vindos da Rússia -, estando previstas explosões de 1.500 quilogramas de pólvora e 200 de material pirotécnico.

Napoleão é personificado pelo historiador norte-americano Mark Schneider, natural de Williamsburg, Virgínia, escolhido pela sua parecença física, que vestirá uniforme da época e montará a cavalo.


A Batalha de Austerlitz ocorreu em 1805, em Austerlitz, na Morávia, na época sob o governo dos Habsburgo, e opôs os exércitos de Napoleão Bonaparte aos exércitos da Rússia e do Império Austríaco, sob o comando do general Kutuzov.
Napoleão Bonaparte liderou 70 mil soldados franceses, que derrotaram 90 mil russos e austríacos, na Batalha de Austerlitz (como a cidade era chamada então), vitória que modificou o mapa da Europa.

Segundo os historiadores, a batalha representou o afundamento do Sacro Império Romano-Germânico e a coroa de Francisco I, porque depois da vitória Bonaparte formou a Confederação de Estados Alemães do Reno, sob o seu protectorado.

A paz de Bratislava, epílogo da batalha de Austerlitz, significou para a Áustria a perda da posição proeminente no Sacro Império e dos territórios do Tirol, Voralberg, Veneza, Istria e Dalmácia.


sábado, novembro 05, 2005

Praga


Uma das mais belas capitais da Europa, Praga permanece praticamente intocada em sua atmosfera melancólica, tão característica da Europa do Leste. Tendo sobrevivido às duas grandes guerras deste século, ainda hoje, 11 anos após a queda do comunismo, celebra uma espécie de renascimento cultural que toma conta da cidade durante o ano todo. Por toda parte, artistas de rua dividem a atenção com a beleza da cidade, representada pela arquitetura das catedrais góticas, palácios barrocos e edifícios Art Nouveau.

Viena


Viena é a cidade mais musical da Europa e talvez do mundo. Esta atmosfera já vem desde o tempo em que a cidade era a capital de um império gigantesco, o austro-húngaro, cujo hino nacional era cantado em treze diferentes línguas, que abrangia desde o norte da Itália, incluindo a Europa Central até as fronteiras dos Balcãs, com dezessete nacionalidades diferentes.

A capital de Áustria é uma cidade pequena e suas atrações ficam próximas umas das outras. A cidade possui um impressionante acervo de monumentos, palácios e museus, que abrigam importantes coleções de objetos de arte de todo o mundo e de diversas épocas da história.Para quem gosta de arquitetura, a cidade é um museu a céu aberto, que inclui de obras clássicas a modernas, como o Hundertwasser Haus, um prédio onde cada apartamento tem uma fachada diferente, com janelas irregulares, jardim no teto e tintas coloridas nas paredes. No entanto, mesmo obras que são patrimônio da humanidade, como a Figaro Haus, onde Mozart morava, e a Sala Terrena, onde o compositor tocava para os amigos, não são mantidas em uma redoma. A casa está habitada e normalmente há concertos na Sala Terrena.

terça-feira, outubro 11, 2005

Budapeste

Um encontro na estação une os 4 tripulantes, Pedro e João de Portugal, Antonis da Grécia e Hammad o Americano. O comboio chega 10 minutos atrasado.
A viagem, numa carruagem com boas condições tendo em conta a segunda classe que conseguimos alcançar, passa-se por Bratislava ao sabor de uma budwiser de 3.30€, durante as várias tentativas de descanço somos interrompidos pela polícia fronteiriça que parece ter uma enorme vontade de prender o amigo talibã (uma viagem de ida e volta = 8 carimbadelas e um discriminada identificação).

Chegámos ao destino e já na estação de comboios somos abordados por uma senhora que nos oferece um quarto para 4, barato, no cento da cidade, e com muito bom aspecto, desconfiamos e andamos.
Passada hora e meia lá descobrimos o Muzeum Hostel, uma casa símpática com boa gente onde parece reinar um ambiente de confiança, que viriamos a confirmar + tarde.

Budapeste situa-se na Europa Central, nas margens do rio Danúbio, no centro norte da Hungria, aqui as pessoas parecem + frias e distantes, típico de capital, o interesse pela carteira dos estrangeiros sente-se e enjoa-se.

Chega a manhã e começamos a caminhar, atingimos a ponte de Erzsébet e tivemos o nosso primeiro contacto com o magnifico Danúbio. Avistamos outras duas pontes optamos ir para a da esquerda.
Os edifícos são impressionantes, nas zonas menos centrais normalmente forrados a pó que se entranha pelas paredes a dentro(faz lembrar coimbra).

D
epois de 45m de caminhada(uma constante nesta viagem) passamos de Peste para Buda pela ponte ........ , visitámos o Royal Castle e a esposição que nele rezidia, uma noiva aterrorizada desistia de esperer pelo marido debaixo do olhar dos convidados, um grupo de naufragos.

Perdemos o ultimo comboio devido a algumas informações mal dadas e tivemos de esperar 10 horas pelo outro (6 da amanhã), fizemos vários planos e optamos por ir para o hostel,pedimos para ficar lá pela sala, o bacano foi altamente e até uma cama de casal nos arranjou (por cima da sala de internet), dormimos os quatro. Regressámos a Brno de barrigga cheia e bolço mais que vazio. Foi muito bom.

segunda-feira, outubro 03, 2005

O primeiro dia de aulas na FIT

E porque tudo o q é bom acaba, tivemos a nossa primeira aula, o professor "Frantisek Zbork jr.", é uma autêntica cópia do cebola mole.
O nosso amigo Zbork deu-nos uma introdução à cadeira de Artificial Inteligence nas 2 horas (das 12h ás 14h!!) que a aula durou. Estavam 6 alunos na aula, 2 Portugueses, 2 Turcos (com quem almoçámos eram 11:30 da manhã), 1 do Chipre e uma rapariga africana.
Como a lavandaria tá sempre ocupada e o nosso stock de meias e t-shirt's tá finit
o passámos por uma feira e fizemos um upgrading.